Excelência nos processos de gestão por meio de liderança capacitada

Abordagem direta e conjunta com o cliente

Consultoria em gest√£o de alta performance

Miss√£o

Melhorar a performance operacional e financeira das empresas por meio de ferramentas de gest√£o eficazes, identificando os pontos cr√≠ticos, apresentando solu√ß√Ķes espec√≠ficas para cada caso e incluindo o treinamento personalizado dos administradores da empresa, a fim de deixar um legado permanente.

Princípios

Gest√£o

Maximização da eficácia na gestão das empresas para alcançar resultados de alta performance

Alinhamento

Remuneração atrelada aos objetivos propostos ao trabalho, gerando o alinhamento de interesses e um ambiente de confiança com os clientes

Legado

Promoção de uma mudança definitiva na cultura de gestão de pessoas e empresas para que possam alcançar alta performance de forma permanente

Resultados

Implementação de uma cultura de busca incessante de resultados, que abrange definição de metas, estratégias e planos de ação para atingi-los

Abordagem

Os sócios da ARM atuam por meio de uma abordagem direta e conjunta com o cliente, acionista ou alta administração, e trabalham, preferencialmente, com a equipe da própria empresa.

Metodologia

  • DIAGN√ďSTICO
  • PLANO DE A√á√ÉO
  • IMPLEMENTA√á√ÉO
  • ACOMPANHAMENTO DO PLANO
  • AJUSTES DO PLANO

O QUE ENTREGAMOS

  • PLANOS DE A√á√ÉO
  • EQUIPES TREINADAS
  • ATIVOS REORGANIZADOS
  • OTIMIZA√á√ÉO SOCIET√ĀRIA
  • PASSIVOS REESTRUTURADOS

S√ďCIOS

Os sócios da ARM são profissionais com experiência reconhecida no mercado e buscam excelência nos processos de gestão por meio de liderança capacitada e trabalho em equipe, sempre com o objetivo de atingir metas e melhores resultados.

Trabalham juntos desde 1987 e j√° desenvolveram atividades de montagem, reestrutura√ß√£o e recupera√ß√£o de empresas em diversos ramos de atividade econ√īmica, como os setores financeiro, petroqu√≠mico, embalagens, log√≠stica, navega√ß√£o, √≥leo e g√°s, empreendimentos imobili√°rios, servi√ßos e constru√ß√£o civil, dentre outros.

NOSSOS CLIENTES

Médias e grandes empresas que identifiquem a oportunidade de melhoria de performance de sua gestão em cenários de crescimento, mudanças ou crises nos seguintes ambientes:

  • Diagn√≥stico da Gest√£o em projetos de aquisi√ß√£o de empresas
  • Preven√ß√£o e Saneamento
  • Reestrutura√ß√£o
  • Recupera√ß√£o Judicial ou Extra Judicial

FALE CONOSCO

Utilize o formul√°rio abaixo para entrar em contato com a ARM Gest√£o. Ou se preferir, utilize o email armgestao@armgestao.com.br

CURR√ćCULO DOS S√ďCIOS

Amin Murad
Amin Murad

Desde 1989, √© administrador de empresas de capital aberto e fechado. Entre 1992 e 1999, foi respons√°vel pela √°rea industrial do Grupo BBM e atuou como conselheiro de Administra√ß√£o e diretor presidente das empresas Pronor Petroqu√≠mica SA; Nitrocarbono SA; Policarbonatos SA, Engepack Embalagens SA e Latapack Ball SA. No mesmo per√≠odo, foi tamb√©m diretor do Sindicato das Ind√ļstrias Qu√≠micas e Petroqu√≠micas da Bahia (SINPER).

Trabalhou ainda como diretor presidente do Grupo Lachmann, de 2000 a 2004, atuando nas áreas de navegação, logística e agenciamento marítimo. Entre 2004 e 2006, fez vários trabalhos de reestruturação de empresas do comércio.

Atuou tamb√©m junto ao Conselho de Administra√ß√£o do Grupo Othon, de 2004 a 2014, no ramo de hotelaria, real estate e usinas de a√ß√ļcar e √°lcool. Em 2006, assumiu a Presid√™ncia da SuperVia SA, concession√°ria do transporte ferrovi√°rio da regi√£o metropolitana do Rio de Janeiro, fazendo a reestrutura√ß√£o da empresa at√© 2010, quando a mesma foi vendida para a Odebrecht Transport.

Em 2011, como diretor, fez o start up da Concessionária Porto Novo SA, responsável pelas obras e serviços do Porto Maravilha no Rio de Janeiro.

Desde 2012, atua na reorganização da área industrial do Grupo Peixoto de Castro, coordenando a Recuperação Judicial das empresas. A partir de 2015, iniciou o trabalho de reestruturação da Oriente Construção Civil Ltda.

Atua ainda como conselheiro de Administração das empresas Copenor SA, produtora de metanol, e Apolo Tubulares SA, produtora de tubos de aço para óleo e gás. Foi também conselheiro independente da CR2 Empreendimentos Imobiliários SA, de 2012 a 2015.

Marcus Vasconcellos
Marcus Vasconcellos

Trabalhou na Corretora Omega SA como gerente de Mercado de Capitais, de 1984 a 1987. Atuou no Grupo BBM, de 1987 a 1999, inicialmente como superintendente de Mercado de Capitais na reestrutura√ß√£o do Banco BBM. Posteriormente, foi convidado para trabalhar na √°rea industrial do grupo como diretor Corporativo e de Rela√ß√Ķes com Investidores, promovendo a recupera√ß√£o de empresas de diferentes segmentos nos setores petroqu√≠mico e de embalagens.

Contribuiu, junto com os acionistas e a Presidência, para a aquisição dos controles das empresas petroquímicas do Grupo BBM (reestruturação societária). No mesmo período, teve uma experiência internacional no Uruguai, Portugal e França, atuando para a reestruturação das empresas do grupo nesses países.

De 2000 a 2007, trabalhou na Refinaria de Petr√≥leos de Manguinhos (controlada pelos grupos Repson/SA e GPC) como diretor de Assuntos Corporativos e nas √°reas de Rela√ßŇćes com Investidores e Comercial, tendo o desafio de gerir uma refinaria n√£o integrada e dez vezes menor que sua principal concorrente.

De 2008 a 2012, atuou como diretor corporativo do Grupo Othon (Rede Hoteleira) e como respons√°vel pelas usinas de a√ß√ļcar e √°lcool desta corpora√ß√£o, reportando-se diretamente ao Conselho de Administra√ß√£o. Neste per√≠odo, montou e implementou uma estrat√©gia de redu√ß√£o de ativos e passivos e preparou as usinas para o processo de recupera√ß√£o judicial.

Rogério Furtado
Rogério Furtado

Atuou no setor de renda variável e derivativos do grupo BBM na década de 80.

Em 1994, foi transferido para Nova Iorque para abrir a corretora do grupo, captando recursos no exterior para desenvolvimento de projetos no Brasil. Em 1996, retornou ao Brasil para montar a área de asset management e foi convidado para se tornar sócio do Banco BBM.

Em 1999, fundou com outros s√≥cios o BANCO CR2, sendo respons√°vel pela √°rea de tesouraria. Em 2007, ap√≥s o spin off da √°rea imobili√°ria e sua abertura de capital (IPO) na Bovespa, se tornou CFO e diretor de Rela√ß√Ķes com Investidores, atuando no setor de real estate e mercado de capitais. Foi convidado a ser o CEO da empresa em 2012, passando tamb√©m a ser membro do Conselho de Administra√ß√£o.

A partir de 2015, iniciou a especialização em Empreendedorismo em Harvard
(OPM - Owner/President ManagementProgram).